top of page
  • Foto do escritorSofia Severo

Aonde colocamos a nossa atenção é o que cresce em nossas vidas.

Atualizado: 27 de fev.

Hoje eu estava conversando com uma amiga irmã muito querida, daquelas que fazem as conversas viraram podcast no WhatsApp (sabe?), e falávamos sobre o quão importante é termos consciência de onde estamos investindo a nossa energia e força de pensamento, pois são estes lugares que estão sendo nutridos e alimentados para crescerem em nossas vidas.


Quantas vezes nos dedicamos (consciente ou inconscientemente) para adubar terras áridas que só enrijecem padrões apertados sobre como nos vemos, como vemos a Vida e as possibilidades que ela nos oferece. Insistimos em fortalecer condicionamentos mentais e emocionais antigos para nos mantermos sempre iguais, existirmos sempre do mesmo jeito, vivermos os mesmos problemas e termos as mesmas dificuldades e experiências. Nos limitamos e limitamos o campo para que a força de Vida possa agir em e através de nós.


Venho aqui hoje colocar esse ponto de reflexão pra você.


>>> Para lhe perguntar se você está investindo a sua energia naquilo que te aperta ou naquilo que tem potencial para abrir espaço em você e para você?



Eu mesma tenho me deparado muito com este questionamento e tenho me dedicado firmemente para mudar estes condicionamentos enferrujados aqui dentro.


É uma decisão que sinto precisar tomar todos os dias, relembrar e me relembrar o tempo todo, principalmente porque estamos falando de hábitos já há muito tempo operantes em nosso sistema, o que faz ser necessário uma carga mais intensa, consciente e persistente de energia para adubar terras mais férteis e disponíveis para nós e que nos aproximam daquilo que de verdade queremos ser e fazer.


O corpo é um ótimo lugar para conseguir perceber estes movimentos de constrição e expansão, de fechamento e abertura, de secura e de frescor. 


O corpo fala conosco o tempo todo e tudo o que precisamos fazer é parar e ouví-lo. Parar e ouví-lo. Parar e ouví-lo… quantas vezes mais forem necessárias e para sempre.


Para mim, as práticas de Dança Terapêutica têm sido o melhor lugar para que esta escuta possa acontecer de uma forma muito cristalina, suave e real, a verdade nua e crua sobre as minhas próprias limitações, medos e sonhos. Esta é uma das práticas onde consigo identificar condicionamentos muito profundos em mim e, ao mesmo tempo, potenciais de expressão que vibram na grandeza da minha alma, me orientando assim com relação aos solos onde devo investir a minha energia e dedicação.



Com a mesma profundidade, mas de um lugar de mais pausa e a entrega, o Yin Yoga também cumpre a sua ajuda nesta investigação interna, me permitindo criar um espaço calmo e sereno para eu estar em conexão verdadeira comigo, desenvolver a coragem para me render ao que está vivo agora e, como uma observadora silenciosa, perceber o que precisa ser libertado e o que pede para ser alimentado por mim.


E este é o convite que deixo para você aqui hoje, para que você reflita sobre estes pontos na sua vida e perceba se está mesmo colocando a sua preciosa e sagrada energia nos lugares certos e de maior interesse para você em termos de crescimento, expansão e realização de si. Você está?


Nos dias 16 e 17 de fevereiro irei conduzir duas práticas que poderão te ajudar a trabalhar estes processos no corpo de forma mais consciente e amorosa.


Deixo aqui o convite para você se inscrever no Instinto e no Aulão de Yin Yoga & Meditação que irá acontecer no Floresça, em Itajaí.


Abaixo você tem mais informações a respeito de cada evento para compartilhar com alguém que você sente que também iria se beneficiar destes momentos de entrega, escuta, expressão natural do corpo e potência.


Vou amar te ver nas práticas.





Qualquer dúvida é só enviar um e-mail para sofia@citrinoaflora.com.


Que a paz e a liberdade estejam com você.



Sofia.


 





Comments


bottom of page