top of page
  • Foto do escritorSofia Severo

✧ para abrir caminhos ✧ ritual do fogo

Quantas vezes você já lançou algum projeto, teve a ideia de oferecer os seus serviços, de realizar o sonho de trabalhar com algo de mais significado para você e alinhado à sua verdade e se percebeu batendo a cabeça na parede pelos caminhos estarem fechados à sua frente?


Eu sei, frustração é a palavra e eu entendo muito bem o que você sentiu, pois já passei por isto diversas vezes para ser muito sincera.


A ideia era ótima, a vontade e paixão por fazer aquilo acontecer gigante, o otimismo se elevando até o teto e, mesmo assim, a porta, janelas e até o buraco da fechadura se mostram fechados.


Foi exatamente isto que me motivou à dizer “sim" ao convite de uma grande amiga e irmã de Portugal para participar do Ritual do Fogo para Abrir Caminhos, que aconteceu neste sábado (24) das 20h às 6h da manhã. Isto mesmo, ficamos todas acordadas, cada uma em sua casa, das 20h às 6h da manhã, sem música, sem distrações, somente com folhas em branco, canetas e uma conexão profunda aos 4 elementos ao espírito dos nossos projetos.


flores no ritual

Sim! Eu disse ao espírito dos nossos projetos. Esta é a visão que alicerçou a base de todo o trabalho, a de que os nossos empreendimentos autorais são espíritos que nos elegem para se manifestarem através de nós.


Acho isto simplesmente lindo, profundo e muito familiar. Sempre senti o Citrino Aflora com um ser que se comunica comigo, me indicando os caminhos e o que preciso fazer e oferecer a cada etapa da minha vida e dos círculos que frequento e que se conectam ao meu campo.


A viagem foi para além do que pensei ser possível!


Sinto que aquelas 10h de entrega do corpo e da mente ao fluxo que se apresentava diante de mim foram um marco na forma de escutar o invisível e perceber o poder de superação que temos sobre nós mesmos e nossas limitações.


Muitas vezes os caminhos se estreitam à nossa frente porque não estamos, realmente e de fato, nos dispondo a escutar o que está latente naquele momento e à disposição para darmos andamento e forma. Por conta de fixações no sentir e visão, medos e sistemas antigos ainda ativos, acabamos por ver como oportunidades apenas os caminhos pelos quais já passamos e conhecemos, assim, ficamos então presas à promessa de segurança que a repetição de um passado familiar nos oferece enquanto no iludimos que estamos olhando para o nosso futuro.


Se o seu interesse passa pela criação, sustentação, de um projeto autoral e de novas possibilidades de viver à você mesma e a sua vida, pense sobre o quanto você se dedica para abrir este espaço sagrado de conexão ao espírito do seu empreendimento que sussurra em seus ouvidos e te faz sonhar de olhos abertos.


Você está mesmo aberta e disposta a dar a chance para que ele se comunique com você ou apenas sobrecarrega o seu campo mental pensando em milhares de soluções para a sua questão?


O quanto de espaço você dá para o espaço se aproximar e te mostrar o que está se abrindo para você neste tempo agora e o quanto você escuta de fato quando as respostas se mostram inovadoras e diferentes daquilo que você está acostumada? Preciso ser sincera que me surpreendi com algumas informações que me chegaram durante o ritual, confesso que até agora sinto um pouco de medo em assumir uma delas pois irá mesmo demandar muita coragem e energia da minha parte. Mas outra coisa que aprendi com este trabalho profundo foi que é preciso compreendermos que há um preço a se pagar quando desejamos sustentar estes empreendimentos no mundo. Há certas coisas que precisam ser feitas porque precisam ser feitas, estamos à serviço, somos canais de transmissão de conteúdos, reflexões, curas e transformações e precisamos aceitar isto e suavizar esta relação. Afinal, como diz esta minha amiga querida que me fez o convite ao ritual, “pode ser suave”. E assim é!


Minha sugestão é que você reflita sobre estas questões de uma forma muito crua, muito nua, muito verdadeira, porque é assim que você vai conseguir chegar cada vez mais pertinho do núcleo visceral que te faz única, belamente e essencialmente você.


Que a paz e a liberdade estejam com você.



Sofia.


 





Comments


bottom of page